Dor no peito que não é do coração? Como a Osteopatia pode te ajudar!

Primeiramente, se você estiver com dor no peito, PROCURE UM CARDIOLOGISTA!

Depois, se seus exames não mostram nenhuma alteração, e seu cardiologista não identificou outra causa senão tensão ou estresse, pense em procurar um Osteopata mais próximo. Por quê?




A dor no peito pode ser originada por tensão de alguns músculos, em especial do peitoral menor. Ele é este músculo ilustrado de vermelho na imagem logo abaixo. Se ele acumular tensão, inflama, pode comprimir uma artéria ou os nervos que passam por baixo dele. Como consequência, pode ocorrer dor que irradia para o peito e mamas, ou para o braço e antebraço simulando dor no coração, tendinites ou cervicobraquialgias (dores de origem nervosa por problema na coluna cervical que descem para o braço).



Quem ou o que pode ocasionar essas tensões?

Elas podem ser causadas por traumatismos no ombro, posição incorreta de vertebras dorsais e desvios de costelas, exercícios repetitivos no trabalho ou na atividade física, especialmente se associada ao estresse por excesso de responsabilidade e pressão. Assim, os sintomas de dor podem ser ainda maiores, gerando sintomas característicos de um infarto. Dor no peito, aperto no peito, agonia, irradiações para o ombro e braço esquerdo podem determinar um problema cardíaco. Caso seu cardiologista te avalie e diga que não, "você não tem problema cardíaco", você é um sério candidato à Osteopatia. A melhora então pode depender do tratamento destes músculos e destes desequilíbrios osseos, e o profissional mais indicado para este tratamento é o Osteopata, Quiropractor, Kinisiólogo e Especialista em Medicina desportiva,, que te avalia, identifica estes pontos relacionados aos músculos com disfunção, trata-os, e rapidamente se estabelece a homeostasia e a dor é eliminada. Mas não corra riscos, alimente-se bem, evite excesso de gorduras e sal, e pratique atividade física! E lembre-se de sorrir bastante para aliviar o estresse!


Posts Em Destaque
Posts Recentes